Quatro Anos do Outro Por-Fora!

Este amigo canino está fazendo 4 anos em
grande estilo, não é mesmo?
Hoje o blog faz quatro anos e muito aconteceu por aqui… Ele ainda não bomba na internet, mas isso combina tanto com ele que sei lá. Vale a pena pelo fato de os poucos leitores que tem serem tão maravilhosos.
Eu podia falar da história do Por-Fora, da minha vida, dos textos, de tudo. Mas vou simplesmente contar para vocês como agradeço a cada um pelas visualizações, comentários e todo o apoio que tem dado; isso é muito importante para mim e me deixa muito feliz saber que alguém se identifica com meus textos.
Como comemoração, provavelmente farei em breve uma surprezinha e espero que gostem. Além disso, semana que vem o blog deve ganhar um design novo e, mais para frente, quem sabe, eu não comece a colocar algumas ideias em prática…
Bom, quero dizer, leitores lindos e maravilhosos, que é uma honra tê-los aqui. E quero pedir apenas duas coisinhas a mais: aqueles que são fantasmas (vem, olham e vão embora, bem que nem no Vida de Inseto que eles vão, comem e vão embora) e nunca comentam, ou só dão feedback quando me veem online, por favor, POR FAVOR, eu cansei de implorar para vocês comentarem no post. A emoção do momento é muito melhor e mais completa, quero ver o que vocês pensaram e sentiram. E não venha com desculpa que não dá pra comentar, porque eu configurei para dar e até expliquei no texto-pré-caixa-de-comentários como é que funciona.
A outra coisa que queria pedir é que se você realmente gosta do meu blog e se você acha válido que outras pessoas leiam, divulguem para os amigos. Eu faço minha parte, até meus amigos tá ficando difícil, então se você quiser me ajudar e arranjar uns amigos seus pra fazer parte disso, agradeço.
Enfim, são quatro anos de Por-Fora, muita história, muito texto… colocarei um texto de cada ano que eu goste muito e um texto de cada ano que tenha sido badalado. Aí vem os dois Top 4 anos:
Top da Autora (dificílimo de fazer):
2009 – 10 Vergonhas Alheias (originalmente postado em uma página, transferido para um post)
2011 – Tempestuosamente & Rosto Manchado de Tinta (um pequeno empate técnico)
2012 – Ser Chocolate
2013 (até agora) – QUERER v.t.d
Top dos Leitores (não necessariamente relacionado com o top 5 na barra lateral):
2010 – Chá de Cadeira (está no top 5 mas é tão histórico e tão lembrado que teve que vir parar aqui)
2011 – A Música da Estrada (foi um dos mais lidos daquele ano)
2013 (até agora) – Um Último Suspiro (ganhei uma caneca-prêmio por ele, tinha que estar aqui)
Muito obrigada a todos por esses anos e por esses 126 (com o que você lê agora, 127) posts!
Feliz aniversário, Outro Por-fora!
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Letícia Wilhelm

Escritora, formada em Letras e professora de língua inglesa. Gostaria de rodar o mundo e, mais ainda, criar um próprio para que outros possam visita-lo. Curte observar as pequenas coisas da vida e às vezes contá-las em histórias. Gosta de café e chocolate, de ver a chuva caindo e das tardes laranjas de outono.

0 thoughts on “Quatro Anos do Outro Por-Fora!

  1. Todos esses quatro anos, em que tenho acompanhado o blog, inicialmente tímida e agora (acho que posso dizer isso) já "de casa", eu só tenho aprendido. Eu não sei se parece absurdo à ti, mas eu tenho uma conexão forte com o 'Forinha'. E ainda mais com a blogueira. Lets é a amiga que me compreende pela alma, e eu juro que nada me tira da cabeça e do coração a ideia de que em algum outro tempo nós nos conhecemos. Enfim… Somente olhos nos olhos eu poderia expressar o que sinto: a minha completa e total admiração. Sei lá… Talvez por termos coisas em comum, talvez pelos nossos escritos que sejamos tão próximas independente da distância. Muito boa a escolha dos textos! Já li todos e os adoro!Tem comentários meus em : 10 vergonhas alheias, Tempestuosamente, Rosto Manchado de Tinta, Ser Chocolate, O soldado e a menina, Chá de Cadeira e Um último Suspiro. *-* Ai garota, esse mundão é TODO seu!

  2. Parabéns, filha, pelos quatro anos e bons textos e muitas inspirações! Quantas vezes me emocionei às lágrimas ou gargalhei até as lágrimas também! Continue perseverando neste caminho, que você vai alcançar o sucesso como escritora,com certeza! Beijos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *